Províncias

Cambambe e Massangano com mais empreendimentos

Marcelo Manuel | Cambambe

O município de Cambambe, na província do Kwanza-Norte, ganhou, durante o fim-de-semana, mais duas escolas, correspondentes a 13 salas. De acordo com o director provincial da Educação, Velinho de Barros, as escolas foram construídas na cidade do Dondo e sector do Mucoso, pertencente à comuna de Massangano.

Província dispõe de novas escolas
Fotografia: Nilo Mateus | Ndalatando

O município de Cambambe, na província do Kwanza-Norte, ganhou, durante o fim-de-semana, mais duas escolas, correspondentes a 13 salas. De acordo com o director provincial da Educação, Velinho de Barros, as escolas foram construídas na cidade do Dondo e sector do Mucoso, pertencente à comuna de Massangano.
A construção das escolas durou entre seis e nove meses. A escola do Dondo é de raiz e alberga o Magistério Primário, que ministra o curso médio de educação. Também acolhe, no presente ano lectivo, 560 alunos, em dois turnos. Tem três gabinetes, anfiteatro, sala de reuniões, biblioteca, laboratório e outras dependências.
A escola do Mucoso foi reabilitada, ampliada e apetrechada com material moderno. Anteriormente, ela tinha três salas e actualmente conta com seis. A escola do Mucoso, tem um gabinete, duas casas de banho e sala de professores. Tem capacidade para 608 alunos, distribuídos em três turnos.
Foram igualmente inaugurados, disse Velinho Barros, dois postos de saúde, no âmbito dos investimentos públicos. 
Os habitantes da sede comunal de São Pedro da Kilemba e os da comunidade do Ngolome, que ­distam 55 e 30 quilómetros da cidade do Dondo, contam, pela primeira vez, com unidades sanitárias construídas de raiz, no âmbito do programa de intervenção municipal. Inauguradas pelo director provincial da Saúde, Manuel Varela, cada unidade sanitária conta com quatro camas e um enfermeiro. Os dois centros de saúde possuem casas para técnicos.
Segundo o chefe dos serviços municipais de Saúde do município de Cambambe, João Donga, os centros de saúde foram projectados para prestarem serviços de vacinação, consultas correntes e tratamento de doenças.

Tempo

Multimédia