Províncias

Chuvas desalojam famílias

Kátia Ramos | Ndalatando

As chuvas que se abateram nos últimos dias na província do Kwanza-Norte fizeram com que mais de 70 famílias fossem desalojadas nos bairros São Filipe e Sassa, da cidade de Ndalatando.

Chuvas destruíram residências e provocaram ainda inundações em vários bairros
Fotografia: Jornal de Angola

O porta-voz do comando provincial dos Serviços de Bombeiros e Protecção Civil, André da Costa Damião, disse que cinco casas ficaram sem tecto e outras, em número por determinar, foram completamente danificadas.
As chuvas provocaram ainda inundações de residências nos bairros do Tala-Hadi, Sambizanga, Primeiro de Agosto, Kilamba Kiaxi e Catomé de Cima e deixaram cerca de 700 pessoas sem os seus haveres.
A direcção do Ministério da Reinserção Social ofereceu bens alimentares, chapas de zinco, utensílios de cozinha, colchões e tendas. Durante a semana finda os Serviços de Bombeiros registaram três incêndios de pequenas proporções, no troço rodoviário do Zenza, na Aldeia Nova, no Bairro Azul, no município do Cazengo, e nas imediações do Triângulo, no município do Golungo Alto.
Os incêndios causaram danos materiais e a destruição de duas viaturas, uma motorizada e ferimentos a três pessoas.
As causas dos incêndios foram um curto-circuito acidental e outras não determinadas.
O comando provincial dos Bombeiros e Protecção Civil na província registou quatro invasões de abelhas no município do Cazengo, dois acidentes de viação, com duas vítimas mortais, no Morro do Mbinda e na rua Direita de Ndalatando, com quatro feridos.

Tempo

Multimédia