Províncias

Chuvas torrenciais causaram prejuízos

O comandante  do Cuanza Norte dos Serviços de Protecção Civil, sub-comissário João Cassua, afirmou sexta-feira, em Ndalatando, que 343 casas ficaram destruídas e 7.403 pessoas desalojadas

em consequência das chuvas que se abateram sobre a província no período entre Janeiro de 2015 e Fevereiro deste ano. As chuvas provocaram ainda o aumento dos caudais dos rios Cuanza, Lucala, Capacala, Mucoso, Muembeji, Camungo e Catende.

Tempo

Multimédia