Províncias

Cidade com mais meios de recolha de resíduos

O município de Cazengo, sede de Ndalatando, capital da província do Cuanza Norte, conta desde quarta-feira com mais uma empresa de saneamento e recolha de lixo, que desenvolverá as suas actividades principalmente na área urbana.

Objectivo é acabar com os amontoados de lixo na região
Fotografia: Manuel Fontoura | Edições Novembro


 Trata-se da operadora Ebumar, que apresentou às autoridades da província as suas linhas de força e os meios de trabalho postos à disposição da localidade.
 A Ebumar, que empregou dezenas de jovens, vai efectuar serviços de limpeza urbana e saneamento, recolha de resíduos sólidos, patológicos e de sistemas de drenagem.  Assunção Cussenuca e Samuel Boco, ambos com 22 anos, mostraram-se satisfeitos por terem conseguido vaga na referida empresa e esperam dar o máximo da sua capacidade de trabalho para o desenvolvimento do município de Cazengo.
 Por ser o primeiro emprego, sentem-se congratulados com a iniciativa do Governo da província e em particular da Administração Municipal e prometem apoiar a empresa, para que futuramente possa empregar mais pessoas.
 De acordo com o director-geral da empresa, Edgar Martins, os trabalhos de remoção dos resíduos sólidos será extensivo a todos os pontos da cidade de Ndalatando e arredores. A empresa tudo fará no sentido de devolver a qualidade de vida aos habitantes de Cazengo, com as ruas limpas e um ambiente puro e saudável, garantiu.
 De acordo com Edgar Martins, a empresa conta, além do pessoal, com viaturas compactadoras, tractores e outros meios de apoio à actividade que desenvolve.
 A vice-governadora para o sector político, social e económico, Leonor Garibaldi, disse que, face à sobrelotação de pessoas no centro urbano, há a necessidade de os responsáveis das empresas de saneamento colaborarem com a Administração Municipal de Cazengo, por forma a tornar a cidade de Ndalatando a mais limpa.

Tempo

Multimédia