Províncias

Conflitos familiares sob aconselhamento

Um total de 75 conflitos familiares e 84 casos de incumprimento da mesada foram registados entre Janeiro e Maio deste ano, pela sala de aconselhamento da Direcção da Família e Promoção da Mulher, na província do Cuanza Norte.

Dados do balanço da instituição, a que a Angop teve acesso, referem que 217 tiveram solução a nível da sala de aconselhamento da instituição, enquanto 61 foram transferidos para os órgãos de justiça por a solução dos mesmos transcender as competências do sector.
Entre os casos solucionados, refere, constam 55 ofensas morais, 17 corporais, 11 acusações de prática de feitiçaria, oito usurpação de bens, cinco difamações e calúnia, cinco desalojamentos indevidos, três adultérios, duas privações de bens, três despedimentos indevidos, um despejo, uma chantagem e um conflito laboral. Ainda no quadro das suas atribuições sociais, a direcção da família e promoção da mulher promoveu 17 palestras em vários ciclos da sociedade, incluindo em mercados paralelos, sobre “O papel da mulher rural no desenvolvimento económico de Angola”, “A Lei contra violência doméstica”, “O papel dos pais na formação da personalidade dos filhos e gravidezes precoces”.

Tempo

Multimédia