Províncias

Crianças de Quiculungo com centro comunitário

André Brandão | Ndalatando

Crianças desfavorecidas do bairro Vieta, no município do Cazengo, dispõem desde terça-feira de um Centro Infantil Comunitário (CIC), denominado Cotavias, criado no âmbito do programa de expansão dos serviços básicos às populações.

Centro foi criado no âmbito do programa de expansão dos serviços básicos às populações
Fotografia: Nilo Mateus | Ndalatando

Inaugurado pelo governador provincial, Henrique André Júnior, o centro, com uma capacidade para albergar 150 crianças, tem duas cozinhas, igual número de casas de banho, pátio de diversão, gabinete para a direcção, quarto e sala de repouso.
A directora provincial do Assistência e Reinserção Social (MINARS), Lídia Martins, informou que o Governo do Cuanza Norte tem estado preocupado com o bem-estar das crianças, sobretudo aquelas que estão em idade pré-escolar, isto é, dos dois aos cinco anos. Lídia Martins disse que o CIC foi inaugurado em boa altura, uma vez que as mães das crianças beneficiárias da comunidade do bairro Vieta são maioritariamente camponesas e vendedoras.
Com esta inauguração, a província passa a dispor de oito centros comunitários, sendo cinco no município do Cazengo e os outros em Lucala e Dondo, além do de Quiculungo, que acolhem mais de mil crianças em idade pré-escolar.
Esperança Manuel Gomes, educadora de infância, disse que com a construção do centro de Quiculungo, mais de cem crianças passam a ter uma melhor educação e assistência, enquanto os pais se ocupam das suas actividades quotidianas.

Tempo

Multimédia