Províncias

Empreendimentos foram inaugurados na vila de Camame

Marcelo Manuel | Camame

A administração municipal do Ngonguembo construiu, este ano, na vila de Camame, um centro e dois postos de saúde, uma escola primária com duas salas, e desenvolveu um sistema de iluminação pública, sustentado por um grupo gerador de 70 KVA.

A administração municipal do Ngonguembo construiu, este ano, na vila de Camame, um centro e dois postos de saúde, uma escola primária com duas salas, e desenvolveu um sistema de iluminação pública, sustentado por um grupo gerador de 70 KVA.
Os projectos constam do programa do Executivo de combate à fome e à pobreza e também foram desenvolvidos nos sectores do Mussusso e Cafuta, segundo o administrador dos serviços de Saúde do Ngonguembo, José Sungama, que adiantou que o centro e os postos de saúde devem começar a funcionar no próximo ano. Para isso, acrescentou, são necessários mais nove técnicos que reforcem a actual equipa de 38. Além disso, o município tem falta de médicos, o que obriga à evacuação dos casos mais críticos para os hospitais do Golungo-Alto ou Ndalatando.
O administrador municipal do Ngonguembo, Mateus Garcia, revelou haver garantias do governo provincial do envio de quatro especialistas para a localidade e para os quais estão já preparadas duas casas, totalmente requalificadas e apetrechadas.
A maior unidade sanitária do Ngonguembo localizada na sede municipal, possui 30 camas e presta serviços de vacinação, consultas internas, puericultura.

Tempo

Multimédia