Províncias

Ensino Médio na região com nova escola técnica

Marcelo Manuel | Ndalatando

Uma escola do ensino médio, com 22 salas, para ministrar os cursos de Construção Civil, Electricidade e Química, é construída na comunidade do Quilómetro Treze, a norte da cidade de Ndalatando, disse ontem, ao Jornal de Angola, o director das Obras Públicas no Cuanza Norte.

Obra da escola decorre em ritmo acelerado
Fotografia: Marcelo Manuel

O projecto  é de âmbito central, a escola alberga 2.310 alunos em três turnos, tem laboratórios, sala de informática, dois recintos desportivos, refeitórios, cozinha e um internato, informou Zacarias Ndongala.
A localidade do Quilómetro Treze ganhou, nos últimos dois meses, um posto de saúde, com cinco camas e sala para consultas pré-natais e de partos. O estabelecimento atende por dia uma média de 15 pacientes, dos quais cerca de dois a três para  consultas pré-natais. A unidade sanitária atende as populações das comunidades da Ganda, Quilómetro Treze e Quilómetro Quinze, Katuco e Quiahol.

Registo gratuito

Mais de 400 cidadãos com idades compreendidas entre os zero aos 100 anos foram registadas nos últimos dois meses de forma gratuita na sede do Quilómetro Treze.
Cristina Tomás conta que o  registo gratuito permitiu o tratamento da cédula pessoal dos cinco filhos, que até agora viviam sem qualquer documento de identidade pessoal.
“A população da comunidade e arredores está satisfeita, havia pessoas que deste o fim da guerra andavam sem documentos e agora conseguiram obtê-los sem qualquer custo”, disse.
Os habitantes da Quilómetro Treze pedem a construção de um centro de captação e tratamento de água, com chafarizes e lavandaria, que pode ser projectado a partir do rio Camuaxi, que dista  cerca de 700 metros da comunidade.
  Paula Domingos apelou para a aquisição de gerador de energia eléctrica. Os sinais da Televisão Pública e da rede telefónica móvel chegam à localidade em perfeitas condições, mas não podem ser utilizados por falta de energia eléctrica.

Tempo

Multimédia