Províncias

Entregues casas sociais às populações do Lucala

Manuel Fontoura | Ndalatando

As primeiras 100 casas construídas no município de Lucala, província do Cuanza Norte, das 200 previstas no âmbito no Programa Nacional de Habitação, foram entregues ontem aos seus proprietários pelo governador provincial, Henriques Júnior.

Executivo planificou a construção de centenas de moradias em todos os municípios do país para debelar a carência habitacional
Fotografia: Domingos Cadência

As residências do tipo T-3, dispõem de cozinha, sala e quarto de banho. Os beneficiários destacaram os esforços do Executivo, tendente a melhorar a condições de vida das populações.
“Queremos deixar aqui o nosso compromisso de pagarmos todos os meses as casas para que o país acumule receitas, a fim de continuarmos a ver surgir outras acções que visam a melhoria dos habitantes", expressaram em mensagem os novos moradores.
O governador provincial, Henriques Júnior, disse que foram planificadas pelo Executivo 200 casas por município tendo em conta a carência de habitação, e referiu que a construção de casas constitui num processo que obedece a etapas e que depende muitas das vezes de questões alheias à programação feita pelas autoridades.
Henriques Júnior exortou a população do município do Lucala a depositarem confiança no Executivo e garantiu dar continuidade às acções que visam solucionar as questões mais prementes dos habitantes. Em resposta às preocupações levantadas pela população em relação aos problemas de água potável e energia eléctrica na localidade, o governador provincial disse que já foi instalado no novo bairro um posto de transformação e dentro em breve a  empresa de electricidade faz o recenseamento para os moradores celebrarem os contratos.
Sobre o problema da água, Henriques Júnior explicou que  está a ser tratado num quadro mais geral pela Direcção Nacional de Águas, tendo como fonte de captação o rio Lucala.

Tempo

Multimédia