Províncias

Falta de bibliotecas preocupa alunos e docentes na Banga

Estudantes e professores do município da Banga, 150 quilómetros de Ndalatando manifestam-se, ontem, preocupados com a falta de bibliotecas públicas, que, dizem, tem condicionado a investigação científica.

Estudantes e professores do município da Banga, 150 quilómetros de Ndalatando manifestam-se, ontem, preocupados com a falta de bibliotecas públicas, que, dizem, tem condicionado a investigação científica.
Alguns deles disseram, à Angop, que as autoridades administrativas deviam instalar urgentemente bibliotecas no município para contribuírem para a criação do hábito de leitura.
A situação preocupa igualmente as autoridades do município. O administrador local afirmou que a falta de um espaço apropriado é o principal obstáculo à instalação da biblioteca.
Cristóvão Kieza referiu que a administração municipal tem feito contactos com a Direcção Provincial da Cultura e outros organismos, tendo em vista a abertura de uma biblioteca na região.
Cristóvão Armando Augusto, estudante da oitava classe, referiu que devido à falta de bibliotecas, para a realização de trabalhos de pesquisa escolar tem recorrido ao arquivo da administração municipal, que nem sempre dispõe de matérias suficientes para o que os professores pedem.
Já o estudante Domingos dos Santos disse que a instalação de um centro de pesquisa, com sistema de Internet, era a solução mais acertada para se ultrapassarem os constrangimentos causados pela falta de bibliotecas no  município.

Tempo

Multimédia