Províncias

Focadas em Ambaca atitudes que lesam a mulher

André Brandão | Ndalatando

A vice-governadora para sector Social, Político e Económico do Cuanza-Norte, Leonor da Silva Garibalde afirmou há dias, no município de Ambaca, que em todo mundo existem ainda muitas barreiras que tornam difícil e retardam a consolidação do respeito aos direitos e valores da mulher.

Fotografia: Edições Novembro

A governante que falava durante o acto de 8 de Março, Dia Internacional da Mulher, disse que o país mostra no seu rosto as marcas da violência, nas excessivas jornadas de trabalho, limitações no acesso ao ensino, assédios e outras práticas nocivas.
Nessa conformidade, disse, o Governo está atento a estes fenómenos que lesam a dignidade da mulher e tem procurado definir estratégias para a redução destas diferenças de género, travando a prostituição, doenças de transmissão sexual, consumo excessivo de álcool e de drogas.
A directora local do Gabinete Acção Social, Família e Igualdade do Género, Victória dos Santos disse que as mulheres devem encarar as jornadas de Março como oportunidade para reflexão.

 

Tempo

Multimédia