Províncias

Governador visita obras em Ndalatando

André Brandão | Ndalatando

O governador da província do Kwanza-Norte, Henrique André Júnior, considerou positivo, na sexta-feira em Ndalatando, o grau de execução das obras em curso na cidade e arredores da sede municipal do Cazengo.

O governador da província do Kwanza-Norte, Henrique André Júnior, considerou positivo, na sexta-feira em Ndalatando, o grau de execução das obras em curso na cidade e arredores da sede municipal do Cazengo.
No final da visita, que durou todo o dia, Henrique Júnior disse estar impressionado pelo nível acelerado e eficiente dos trabalhos que as empreiteiras estão a realizar.
Henrique Júnior recebeu das empresas de construção civil, em função da celeridade das obras, a garantia de que algumas infra-estruturas devem estar prontas até final do primeiro semestre.
O governador visitou os trabalhos do centro médico do Bairro Sassa, que dispõe de 20 camas, uma morgue, banco de urgência, enfermarias de medicina e pediatria, sala de recepção, consultórios, para além de cinco apartamentos para os médicos.
O governador do Kwanza-Norte foi ver o andamento dos trabalhos do Hospital Municipal do Cazengo, já em fase final, com cerca de 70 camas para internamento, bloco operatório e outras dependências.
A maternidade provincial, em funcionamento, com 70 camas, recebe obras de restauro que consistem no reforço do pavimento, tecto falso, revestimento do interior (paredes) e revisão da instalação eléctrica.
A execução das obras contempla a reabilitação e ampliação das áreas mais solicitadas, como consultórios, banco de urgência e algumas enfermarias, para além da construção de uma sala de espera e instalações sanitárias, que devem ficar concluídas dentro de três meses.
As obras do futuro mercado do bairro Catome de Baixo, iniciadas em Março do ano passado, mereceram igualmente a atenção do governador, tendo constatado a edificação das estruturas. Os trabalhos terminam em Abril, segundo o empreiteiro.
O mercado tem armazéns, câmaras de congelação e conservação, fábrica de gelo, jango, administração do mercado, padaria e pastelaria, uma creche, refeitório, 14 lojas, snack bar, cabina telefónica, cozinha colectiva, dois postos de iluminação, talho e peixaria, instalações sanitárias, sapataria, alfaiataria, duas agencias bancárias e 400 bancadas.
Ainda este ano, a cidade de Ndalatando vai inaugurar um centro cultural e recreativo, localizado no Largo Alda Lara, o qual conta com um palco, um salão com capacidade para dois mil espectadores, bar, cozinha, dois camarins para homens e mulheres, sala VIP, casas de banho e quarto de repouso para os artistas. A conclusão da obra está prevista para o mês de Maio, com custos estimados em 78 milhões de Kwanzas. O estádio dos Dinizes, em Ndalatando, está a ser relvado, no quadro da política do Governo que visa revitalizar a prática do futebol na região, um assunto que está a alegrar os atletas e amantes da modalidade.
O governador visitou os trabalhos do edifício onde vão funcionar as direcções provinciais e a obra consiste na reabilitação do pavimento interior, estancamento da penetração de água do tecto.
O governador passou também na escola do primeiro ciclo da Vieta, que vai ter cinco salas com 50 carteiras cada, sala de professores, informática, quatro casas de banho, um pavilhão desportivo.
 Henrique André Júnior visitou as obras de reabilitação dos passeios, lancis, valas de drenagem, asfaltagem de ruas e visitou as britadeiras na localidade do Quirima, onde são produzidos os materiais para esta empreitada.

Tempo

Multimédia