Províncias

Governo local projecta a construção de sede da Universidade Kimpa Vita

Marcelo Manuel | Ndalatando

O governo provincial do Kwanza-Norte prevê construir, no próximo ano, uma sede da Universidade Kimpa Vita, em Ndalatando.
O projecto foi apresentado na quinta-feira, em Ndalatando, durante a segunda reunião do governo com os membros do Conselho Provincial de Auscultação Social.

Na reunião do governo com o Conselho de Auscultação foram analisados vários assuntos
Fotografia: Nilo Mateus

O governo provincial do Kwanza-Norte prevê construir, no próximo ano, uma sede da Universidade Kimpa Vita, em Ndalatando.
O projecto foi apresentado na quinta-feira, em Ndalatando, durante a segunda reunião do governo com os membros do Conselho Provincial de Auscultação Social.
Foram ainda apresentados os projectos de recuperação do Jardim Botânico do Kilombo e da reabilitação dos principais edifícios da cidade do Dondo e da sede comunal de Massangano.
Estão ainda previstas acções de desassoreamento e limpeza do rio Muembeje, manutenção dos espaços verdes, continuidade da realização da feira cultural do Dondo e do  Festi-Ndala. Do Programa de Investimentos Públicos do governo provincial do Kwanza-Norte, para o ano de 2013, constam, de igual modo, a reabilitação das vilas do Golungo Alto, Samba Cajú e Camabatela.
O programa prevê a requalificação de várias comunas, principalmente aquelas que se encontram junto das estradas nacionais, secundárias e terciárias. Segundo o governador local, Henrique André Júnior, os projectos têm por objectivo garantir comodidade aos cidadãos e melhorar a imagem da região.
Os membros do conselho apresentaram propostas em relação à edificação de bustos de figuras históricas nacionais, naturais da província do Kwanza-Norte, como é o caso do poeta, político e guerrilheiro António Jacinto, Rainha Njinga Mbandi, Comandante Ngueto e António de Assis Júnior. Do mesmo modo, consideram que se deve proceder à colocação de placas de identificação das ruas, travessas e avenidas das cidades e vilas, que até hoje ainda possuem denominações de figuras coloniais.

Construção de escolas


Um comunicado saído do encontro refere que os bairros Azul, “Ndalatando”, Kiboangoma e Vieta, situados nas redondezas da cidade de Ndalatando, município de Cazengo, devem beneficiar, a partir do próximo ano, da construção de escolas com 16 salas.  Esta proposta é justificada pelo facto de nalgumas das comunidades em referência existirem escolas construídas com materiais locais, muitas delas em avançado estado de degradação. Durante o ano passado, algumas destas escolas ruíram, situação que, no presente ano lectivo, deixou cerca de 500 alunos fora do sistema normal de ensino.
Os membros do Conselho de Auscultação Social pretendem que o governo requalifique a ponte sobre o rio Zenza, que liga a vila de Quilombo dos Dembos aos municípios de Golungo Alto e Cazengo, para permitir segurança no tráfego de viaturas. Além disso, recomendaram às autoridades que pressionem o empreiteiro das obras de asfaltagem do troço que liga o município do Lucala ao de Samba Cajú até Ambaca, que já se arrastam há oito anos.

Tempo

Multimédia