Províncias

Governo provincial quer ordenamento na construção civil

Manuel Fontoura | Ndalatando

O vice-governador do Cuanza Norte para a Organização e Infra-estruturas, Erlindo Lidador, teve um encontro com os moradores do bairro da Mesquita, em Ndalatando, com vista a encontrar uma solução face ao cenário que se observa com algumas construções desordenadas.

O vice-governador adiantou que é necessário que se encontrem formas de reorganizar e ordenar a zona. Os moradores foram instruídos a ocupar os terrenos em sequência de um plano e de procedimentos de ordenamento do território.  O Conselho Consultivo do Ministério do Urbanismo, realizado recentemente, apontou 2014 como o ano da autoconstrução dirigida.
“O Estado, independentemente de oferecer ao cidadão melhor qualidade de vida, orienta as estruturas locais para trabalhos de planeamento territorial, de forma que cada pessoa possa ter uma parcela de terreno e construir a sua casa dentro dos parâmetros construtivos”, disse o vice-governador.
Os sinais de construção que existem naquela zona vão integrar-se no plano já existente.
Estudos são feitos em relação a outros bairros à volta de Ndalatando, como   Camundai, Tala Hady, Azul e Vieta. “Estamos a fazer tudo para oferecer, em princípio, um lote urbanizado e infra-estruturado aos cidadãos destas zonas”, concluiu.

Tempo

Multimédia