Províncias

Hospital Geral de Cambambe está a precisar de remodelação

O director geral do Hospital Municipal de Cambambe, na província do Kwanza-Norte, salientou a importância de reabilitar com urgência as infra-estruturas daquele estabelecimento, cujas paredes têm enormes fissuras.

O director geral do Hospital Municipal de Cambambe, na província do Kwanza-Norte, salientou a importância de reabilitar com urgência as infra-estruturas daquele estabelecimento, cujas paredes têm enormes fissuras.
Justino Tchikenje disse que, desde que foi construído, há mais de 50 anos, o edifício beneficiou de obras apenas em duas ocasiões, a última das quais em 2002, mas que se resumiu a pintura e substituição de algumas portas e janelas.
As fissuras, referiu, permitem a infiltração de água da chuva em todas as áreas da unidade, o que já provocou curtos circuitos e põem risco de destruição de arquivos e medicamentos
A falta de manutenção também origina dificuldades no fornecimento de água canalizada e o entupimento de esgotos com consequências graves para os pacientes internados.
O Hospital Municipal de Cambambe, apesar de não estar classificado como tal, pode, desde que devidamente restaurado, vir a ser considerado como regional, por estar localizado no eixo viário que liga Luanda às províncias do nordeste, leste e sul de Angola.
O hospital de Cambambe tem quatro médicos e 46 enfermeiros, que diariamente atendem centenas de pacientes .
As doenças mais frequentes na região são a malária, doenças respiratórias agudas, diarreia e de transmissão sexual, segundo o director Justino Tchikenje.

Tempo

Multimédia