Províncias

Localidades de Samba Caju dispõem de novos serviços

Marcelo Manuel | Samba Caju

A comunidade de Golome, no município de Samba Caju, conta desde quarta-feira com um centro de captação e tratamento do produto, disse, ontem, em Ndalatando,  o chefe de departamento provincial das Águas do Cuanza Norte.

A nova infra-estrutura permite abastecer cinco chafarizes construído em três bairros
Fotografia: Mota Ambrósio

Silvestre Zangui referiu que o projecto possui um sistema de gravidade, criado através de uma nascente que fica a cerca de dois quilómetros.
O centro  de captação e tratamento dispõe de um tanque de armazenamento com capacidade de 32 metros cúbicos e foi inaugurado pelo governador provincial do Cuanza Norte, Henrique Júnior, para servir os 1.350 habitantes da localidade.
O sistema  tem seis quilómetros de conduta adutora e uma rede de distribuição, que fornece água potável a cinco chafarizes nos bairros Golome, Barros e 4 de Fevereiro.
O soba de Golome, António Mutabudi, frisou que a inauguração dos chafarizes é motivo de alegria   pois constitui um melhoramento importante para a vida da população.
O soba, na altura, referiu a construção de uma escola do primeiro ciclo com seis salas, concluída até ao fim do ano.
No sector de Pambos de Sonhy, o governador provincial do Cuanza Norte inaugurou uma escola do primeiro ciclo, com seis salas, para 800 alunos.
O coordenador local para o sector da Educação, Alberto Camuto, frisou que, com a nova unidade escolar, aquela localidade de Samba Caju dispõe de três escolas.
O soba do sector de Pambos de Sonhy, Rodrigues Teque, disse  que a região possui um posto de saúde, que funciona com dois enfermeiros, insuficientes para responder às necessidades da comunidade.

Tempo

Multimédia