Províncias

Mãe tem quadrigémeos em Ndalatando

Silvino Fortunato | Ndalatando

Uma jovem mulher de 25 anos deu à luz, sexta-feira, em Ndalatando, quatro filhos, no hospital materno-infantil da cidade de Ndalatando, capital da província do Cuanza Norte.

Jovem mãe de quadrigêmeos apela à solidariedade da sociedade para o sustento dos filhos
Fotografia: Silvino Fortunato | Edições Novembro - Ndalatando

Henriqueta Francisco gerou quadrigémeos, sendo três rapazes e uma menina, num parto que começou no hospital da cidade do Dondo, a cerca de 75 quilómetros de Ndalatando. As crianças nasceram com 1.500 quilos, peso que o médico Mateus Panzo, que acompanhou o serviço de parto, considerou baixo em relação aos normais.
“O prognóstico de sobrevivência dos bebés é ainda reservado, atendendo que o peso normal de uma criança ao nascer deve ser de 2,5 quilos”, disse o especialista em pediatria do hospital materno-infantil de Ndalatando. O médico assegurou que o peso dos recém-nascidos pode evoluir positivamente, desde que sejam acompanhados por especialistas, a fim de serem entregues à mãe, que se encontra bem de saúde. As próximas 48 horas são cruciais para a estabilização dos bebés, que se encontram em duas incubadoras.
O primeiro bebé nasceu ainda no hospital do Dondo. Devido a complicações durante o parto, Henriqueta Francisco foi evacuada para o a maternidade de Ndalatando, onde nasceram os outros três.
O serviço de parto iniciou, de acordo com a ficha médica, às 6 horas e terminou às 21 horas de sexta-feira. Segundo fonte médica, este é o primeiro caso em que uma mulher dá à luz quadrigémeos numa unidade hospitalar da província.
Henriqueta Francisco vive com Santos António, de 26 anos, na cidade do Dondo. O casal, que já tem dois filhos e está desempregado, recebeu electrodomésticos e bens alimentares doados pelo Comité Provincial do MPLA. Outras doações são bem-vindas, disse a jovem parturiente.

Tempo

Multimédia