Províncias

Mais distribuição de água

Cerca de 300 mil pessoas do Cuanza Norte têm acesso a água potável através de abastecimento domiciliar e da rede de chafarizes, incluindo nas zonas rurais, garantiu o governador da província.

Vários bairros já têm água potável
Fotografia: JAIMAGEM

No quadro do programa de ampliação da rede de distribuição de água encontram-se actualmente em curso na província novos projectos de distribuição de água que, depois de concluídos, vão beneficiar quase oito mil pessoas, alargando assim o número de beneficiários e a taxa de cobertura de distribuição de água para 71, 4 por cento.
Henrique Júnior acrescentou que, apesar da província do Cuanza Norte dispor de um grande potencial em termos de recursos hídricos, a situação do abastecimento de água no geral, ainda não atingiu toda a população.
Ndalatando conta actualmente com uma rede interna de distribuição de água com mais de 45 quilómetros de extensão e captada a partir do Rio Mucari, situado a cerca de 17 quilómetros da cidade.
A distribuição de água à população de Ndalatando é garantida através de 2.600 ligações domiciliares e 110 chafarizes instalados em vários bairros periféricos, que são suportados por uma central de tratamento que compreende um reservatório de distribuição de cinco mil metros cúbicos.
O Cuanza Norte tem uma extensão territorial de 20.252 quilómetros quadrados e uma população estimada em mais de 500 mil habitantes, distribuída por dez municípios.

Tempo

Multimédia