Províncias

Mais um hotel em Ndalatando

Manuel Fontoura| Ndalatando

Um hotel de quatro estrelas, com 51 quartos, é inaugurado em Maio do próximo ano em Ndalatando, uma iniciativa da empresa “Imogestim-AS”.

Vista parcial da cidade de Ndalatando onde estão em reabilitação e construção várias infra-estruturas sociais para melhorar o nível de vida
Fotografia: Jornal de Angola

O hotel, denominado “Términus de Ndalatando”, com quatro pisos, foi construído no lugar do antigo hotel Bragança, totalmente demolido.
O director do projecto de construção da unidade hoteleira, Gideoni André, disse que o novo hotel inclui alguns traços arquitectónicos do antigo, para não fugir totalmente da fotografia anterior.
A obra está em termos de construção em cerca de 80 por cento, pelo que se pretende ter todo o trabalho concluído até Janeiro do próximo ano. Gideoni André disse que a gerência programou para o mês de Abril o processo de mobilação e testes dos equipamentos de segurança, além de outros trabalhos.
O que falta de momento é terminar algumas empreitadas, dentre as quais o sistema de tratamento de águas residuais.
O novo hotel tem serviço de quartos, restaurante para mais de 60 lugares, piscina, ginásio e também pequenas lojas de produtos diversos.
O novo hotel conta ainda com um parque de estacionamento e instalações do banco Millennium-Angola, que já se encontram em funcionamento há algum tempo.
A directora provincial do Kwanza-Norte da Hotelaria e Turismo, Conceição Garrido, disse que a província ganha muito com a abertura de mais este hotel, uma vez que vai empregar jovens e accionar a concorrência dos serviços.
O Ministério da Hotelaria e Turismo espera que mais investidores privados se dediquem à construção de mais hotéis nos dez municípios da província do Kwanza-Norte, referiu Conceição Garrido.
A responsável assegurou que a província do Kwanza-Norte vai beneficiar de pelo menos mais cinco hotéis nos próximos tempos, em vários municípios.
A província do Kwanza-Norte dispõe de apenas três hotéis a funcionar em pleno, além de diversas pensões e similares espalhadas um pouco por toda a região, segundo a directora Conceição Garrido .

Tempo

Multimédia