Províncias

Metodologias de ensino debatidas em seminário

Cerca 80 professores do ensino primário das quatro comunas do município de Ambaca, Kwanza-Norte, participam num seminário de formação, na vila de Camabatela, sobre metodologias de ensino do quimbundo e expressão musical.

No âmbito das acções de incentivo à aprendizagem e uso das línguas nacionais no ensino e comunicação.
O administrador municipal adjunto de Ambaca, Soares João Isaac, enalteceu a importância da actualização permanente dos professores, para o êxito actividade docente educativa e a promoção da formação de quadros de qualidade para o mercado de emprego.
Apelou os formandos a encararem com seriedade a presente formação, participando de forma activa, de modo a estarem melhor preparados para o exercício das suas a­ctividades, sublinhando que o verdadeiro educador é aquele que está permanentemente apostado na elevação do nível académico visando melhorar o desempenho profissional e permitir a formação integral do homem novo. O formador Francisco Beca do Nascimento disse que o seminário visa apetrechar os professores sobre as novas metodologias didáctico-pedagógicas, o ensino da expressão musical e da Língua Quimbundo, de modo a estarem melhor preparados para a transmissão dos conhecimentos aos alunos.
O sector da Educação pretende valorizar o ensino e o uso das línguas nacionais, como factor de integração e de unidade nacional, disse o responsável, acrescentando que a melhor forma de resgatar e estimular o respeito pelas línguas nacionais é ensinar as crianças desde muito cedo, daí a razão deste seminário privilegiar os professores que trabalham no primeiro ciclo.
Com a duração de cinco dias, o seminário vai abarcar matérias relacionadas com os conceitos básicos do alfabeto e ensino do quimbundo, matérias ligadas à pauta musical e sua leitura e ainda conceitos básicos sobre a origem, expansão e importância da música.

Tempo

Multimédia