Províncias

Milhares de casos foram registados no Golungo Alto

Um total de 8.303 novos casos de malária foram registados pelas autoridades sanitárias do município do Golungo Alto, na província de Kwanza-Norte. Dois pacientes morreram.

Um total de 8.303 novos casos de malária foram registados pelas autoridades sanitárias do município do Golungo Alto, na província de Kwanza-Norte. Dois pacientes morreram.
O supervisor local do programa de controlo e combate à malária, Gervásio Zacarias Tamota, disse que, apesar dos esforços das autoridades sanitárias da região, a situação da doença ainda é preocupante, dado o comportamento inadequado de alguns cidadãos que, ao invés de recorrerem ao hospital, optam pelo tratamento tradicional.
O responsável apontou as localidades de Cambondo, Kiluanji, Cabinda e alguns bairros periféricos da sede municipal como os mais afectados.

Acções de sensibilização
/>
Visando inverter a situação, Gervásio Zacarias revelou que as autoridades sanitárias do município do Golungo Alto estão empenhadas na promoção de palestras e outras acções de sensibilização nas comunidades sobre a importância do saneamento básico e uso correcto do mosquiteiro impregnado com insecticida de longa duração.
A população do Golungo Alto e arredores é também aconselhada a procurar as unidades sanitárias logo após os primeiros sintomas da doença.
O combate à malária tem o apoio das autoridades tradicionais, igrejas, direcções das escolas e da população.

Tempo

Multimédia