Províncias

Milhares de famílias camponesas envolvidas na campanha agrícola

Paulo Mateus|Ndalatando

 
Mais de quatro mil famílias camponesas vão estar envolvidas na campanha agrícola 2009/2010, no município de Lucala, 36 quilómetros a Leste de Ndalatando, segundo dados da direcção local da Estação de Desenvolvimento Agrário (EDA).

Autoridades locais apostam no aumento da produtividade, no âmbito do programa de combate à fome
Fotografia: Jornal de Angola

 
Mais de quatro mil famílias camponesas vão estar envolvidas na campanha agrícola 2009/2010, no município de Lucala, 36 quilómetros a Leste de Ndalatando, segundo dados da direcção local da Estação de Desenvolvimento Agrário (EDA).
Para o êxito da campanha os camponeses vão ser apoiados com sementes, fertilizantes e instrumentos de trabalho.
A EDA tem já disponíveis 18.164 enxadas, 9.082 catanas, 4.541 limas, 4.541 machados, 217 pás, 22.705 quilogramas de amendoim, 2.270 de milho, 22.705 de feijão manteiga, 9.082 de feijão macunde e 22.000 de feijão carioca.
A campanha vai abranger as áreas das Pambas, Cacala, Coreia Um e Dois, Hala, Heleje, Peso, Cabale, Cacoso, Candente, Bembeze, Coio, Cabaça, Dualumbi, Tala-Hadi, Quilessa, Canguari, Quissuba, Bota, Jingambo, Cangando e Mataba.
 A nota da Estação de Desenvolvimento Agrário esclarece que o sector das pescas carece de canoas, redes, anzóis para o fomento da actividade no município, que, para além do rio Lucala, possui grandes lagoas com variadíssimas espécies de peixe, caranguejo e lagostinhas.No Lucala, a pesca é feita com técnicas rudimentares.
A região é habitada por  cerca de 13 mil habitantes, maioritariamente camponeses.

Tempo

Multimédia