Províncias

Milhares de famílias na campanha agrícola

Marcelo Manuel | Ndalatando

O director provincial da Agricultura disse, ao Jornal de Angola, que a próxima campanha agrícola 2014/2015, que começa em Outubro próximo, vai contar com a participação directa de 107.285 famílias camponesas da província do Cuanza Norte.


Humberto Mesquita referiu que, das famílias cadastradas, 30 mil estão enquadradas no programa do governo de fomento rural, 43.995 no de fomento agrícola e 1.291 distribuídas em associações.  O responsável frisou que prevê-se o cultivo de 90.290 hectares de forma manual por camponeses pertencentes às cooperativas e associações, além dos cinco mil a serem lavrados de forma mecanizada, dos quais 3.800 hectares ligados ao programa de combate à fome e redução da pobreza, desbravados por iniciativas das dez administrações municipais.

Sementes estão garantidas

Sublinhou que, através do programa de desenvolvimento rural, o governo da província do Cuanza Norte vai, de igual modo, desbravar 1.200 hectares, a par da participação activa de 182 agricultores individuais.
Humberto Mesquita ressaltou que, para a melhoria do desempenho dos camponeses da região, o governo local adquiriu 50 tractores, que já foram distribuídos às associações, cooperativas e agricultores singulares.
Disse que a campanha agrícola passada, apesar de não atingir as metas previstas, foi satisfatória, devido à colheita de 146.796 toneladas de produtos diversos, com maior realce para a mandioca, feijão, ginguba, bata-doce e rena, milho, couve, cenoura e repolho.
Garantiu a entrega, em breve, de 30 toneladas de semente de milho,feijão manteiga, feijão macunde e bata rena.

Tempo

Multimédia