Províncias

Milhares de munícipes consultados no Cazengo

Marcelo Manuel | Ndalatando

Cerca de mil pessoas de Ndalatando efectuaram na sexta-feira, no largo 1º de Maio, testes à glicemia, malária, hepatite-B, VIH/Sida, sífilis e doença do sono, durante a realização da feira de saúde do município de Cazengo.

Além da assistência sanitária gratuita os técnicos passaram mensagens de prevenção
Fotografia: Eduardo Botelho

A iniciativa partiu da administração municipal, em parceria com a empresa Soluções em Higiene e Saúde, responsável pela gestão e expansão dos agentes comunitários no Kwanza-Norte.
Durante a referida feira, também foram realizadas consultas de nutrição, estomatologia e pesagem de crianças menores de cinco anos e técnicos do Hospital Central de Ndalatando realizaram uma palestra destinada às crianças, sobre a importância da higiene oral e prevenção contra a cárie dentária, durante a qual foram distribuídas escovas, fio dental e pasta de dentes.
O objectivo desta iniciativa foi esclarecer a população sobre os cuidados de saúde fundamentais, para que se possa  viver com saúde.
O evento contou com a participação de cerca de 60 técnicos de saúde, entre médicos, enfermeiros e agentes comunitários, à semelhança do que já tinha acontecido nas municipalidades de Golungo Alto e Bolongongo. “Até Dezembro prevê-se a cobertura de toda a província”, disse a coordenadora técnica, Reniana Scarano.

Tempo

Multimédia