Províncias

Ministério do Interior constrói um hospital

Um hospital, com capacidade para 20 camas, vai ser inaugurado ainda este ano na província do Cuanza Norte, pela Polícia Nacional, para dar assistência aos efectivos da corporação e seus familiares.

As obras encontram-se já na fase final, como verificou o inspector-geral do Comando Geral da Polícia Nacional, comissário chefe Alberto Jorge Antunes, que esteve no local acompanhado por altos responsáveis da corporação e do Ministério do Interior.
No local, Antolino Pereira Leitão, arquitecto da Brigada de Obras do Ministério do Interior, disse que o hospital vai beneficiar de assistência médica e medicamentosa os efectivos da corporação e seus familiares, sem recorrerem a outras unidades sanitárias, públicas e privadas.
O hospital vai dispor de um banco de urgências, uma sala de consultas externas, área de internamento, salas de raio X e ecografia, além de serviços administrativos e de apoio logístico. A infra-estrutura tem dois pisos e ocupa uma área de 800 metros quadrados, junto às instalações da Direcção Provincial de Viação e Trânsito e Obras Públicas, na cidade de Ndalatando, capital da província do Cuanza Norte. Os trabalhos finais consistem no fecho da cobertura, colocação de loiça sanitária e pavimento.
A unidade sanitária faz parte de um programa da Polícia, que visa a construção de hospitais para colocar ao serviço dos efectivos.

Tempo

Multimédia