Províncias

Mortalidade infantil em queda na província

Kátia Ramos | Ndalatando

Os casos de mortalidade materno infantil no Cuanza Norte diminuíram consideravelmente nos últimos quatro anos, devido à formação dos profissionais, disse o director do provincial.

Hospitais registam melhorias na assistência
Fotografia: Nuno Flash

Manuel Duarte Varela, que fala num seminário sobre  saúde sexual reprodutiva, informou que o índice mortalidade infantil diminuiu em função da parceria existente entre a Direcção Provincial da Saúde e a organização Médicos Del Mundo.    
“Há quatro anos que temos esta parceria, que tem sido muito valiosa, no âmbito da saúde pública e sexual reprodutiva. Foi possível incrementar mais acções para o melhoramento de saúde, da gestão administrativa e da formação de mais quadros para os serviços de saúde”, disse.
A responsável da organização dos Médicos Del Mundo, Margarida Sam Martins, garantiu  que vai continuar a contribuir para o melhoramento da qualidade dos serviços de saúde, com prioridade na qualidade de gestão e administração.Margarida Sam Martins disse que em Setembro de 2014, começou um programa virado para a execução dos programas de saúde sexual e reprodutiva em hospitais, centros e postos de saúde nos municípios de Cazengo, Lucala, Samba Caju e Ambaca, tendo sido identificadas as principais debilidades e problemas que enfrentam as unidades sanitárias na atenção da saúde sexual e reprodutiva.
“Queremos procurar as soluções que permitam oferecer uma atenção eficiente e com qualidade, monitorar os planos de melhorias nos sector da Saúde, classificar os estabelecimentos de saúde de acordo os seus problemas e necessidades de apoio”.
A responsável da organização dos Médicos Del Mundo constatou  que os resultados foram satisfatórios, mas 60 por cento das instalações precisam de melhorias e um por cento necessitam de ser remodeladas ou construídas novas instalações.
A organização dos Médicos Del Mundo vai este ano lançar as consultas de pré-natal, atendimento ao parto normal, planeamento familiar nas unidades materno infantis, centro municipal de saúde do Cazengo,  bairro Sassa, hospitais municipais de Lucala, Samba Caju e Ambaca.
Durante o seminário foram debatidos temas ligados ao sistema de informação sanitária, comparação dos protocolos preventivos, resultados na gestão e administração dos serviços, ilustração das tabelas comparativas de acordo as percentagens alcançadas, seguidas de recomendações e aconselhamento na melhoria dos serviços de saúde.

Tempo

Multimédia