Províncias

Mulheres do Cazengo melhoram a produção

Marcelo Manuel | Hola

As mulheres da comunidade de Quirima do Hola, município de Cazengo, manifestaram o desejo de trabalharem em parceria com o Governo do Kwanza-Norte, no sentido de produzirem alimentos agrícolas em abundância e qualidade, visando a redução da pobreza no seio das suas famílias.

Esta declaração foi feita durante a entrega de terra a mulheres da Associação de Camponeses Boa Esperança, para o cultivo da mandioca, feijão, banana, ginguba, batata, abóbora e milho.
A entrega dos terrenos visou saudar o Dia Mundial da Mulher Rural, com o objectivo de estimular e diversificar a produção agrícola no seio da comunidade.
Branca Francisco, camponesa, ficou satisfeita com o gesto da Administração Municipal do Cazengo, tendo manifestado a intenção de produzir, nos 17 hectares que tem, mais mantimentos com qualidade, visando a sustentabilidade familiar e a comercialização.
As camponeses querem menos burocracia, mais rapidez na cedência de créditos bancários, para a compra de equipamentos como motobombas, tubagem para irrigação e viaturas de pequeno ou médio porte, que sirvam para o escoamento dos produtos do campo para os principais centros de comercialização.
Ana Simão, agricultora, disse que já é possível viver da agricultura, mas alegou que a materialização dos projectos inerentes ao alcance da auto-suficiência alimentar só vão ser concretizados caso haja mais apoio aos camponeses e os produtos do campo sejam mais valorizados.  A administradora  Edviges de Jesus frisou que a entrega de terras às mulheres da Quirima do Hola consta do Programa Integrado de Desenvolvimento Rural e Combate à Pobreza. Estão preparadas 15 parcelas com 750 metros quadrados cada, distribuídas para 56 mulheres da Associação.

Tempo

Multimédia