Províncias

Mulheres valorizam aleitamento materno

A responsável da secção das consultas pré-natais do Hospital Municipal de Ambaca, província do Cuanza Norte, instou as mulheres do município a darem prioridade ao aleitamento materno, visando assegurar o crescimento saudável e equilibrado dos seus bebés.

Condenada a atitude de muitas mães que só dão de mamar aos filhos quando eles choram
Fotografia: Eduardo Pedro |

Antónia Coutinho, que falava à margem de uma palestra realizada naquela unidade hospitalar, cujo público alvo foram mães, mulheres grávidas e em idade fértil, referiu que a acção se enquadra no âmbito da semana mundial do aleitamento.
O objectivo é levar ao conhecimento de muitas mulheres que o melhor alimento para as crianças é o leite materno, que deve ser usado como comida exclusiva até aos seis meses e findo este período associar com outros alimentos leves e nutritivos até aos dois anos de idade, altura ideal para deixar de amamentar a criança.
O comportamento das mulheres da região foi elogiado, pois nunca se furtam a amamentar os filhos, realidade que satisfaz as autoridades sanitárias.
O comportamento de muitas mães que só dão de mamar aos filhos quando estes choram sofreu duras críticas, pois pode provocar a desnutrição e contribuir para o surgimento de várias doenças para os bebés, na medida em que a importância do leite vai além de simples alimento para significar mecanismo de defesa do organismo do bebé contra agentes patológicos. “O leite não é apenas mais um alimento para os bebés, porque os seus nutrientes ajudam a proteger o organismo do bebé que nesta idade tem grande fragilidade”, disse.
Antónia Coutinho disse que dar água e outros alimentos ao bebé antes dos seis meses é prejudicial à saúde da criança, porque pode provocar cólicas e outros constrangimentos ao recém-nascido. A jovem Rogéria Morais que participou na palestra e é mãe de uma bebé de apenas quatro meses, elogiou a iniciativa do hospital municipalmunicipal de Ambaca e disse que os ensinamentos serviram para reforçar os seus conhecimentos sobre a importância do leite materno.
Adelina João Manuel, que também participou na palestra, disse sentir-se agora melhor informada sobre a importância do aleitamento materno, sobretudo em relação ao aumento dos reflexos intelectuais e desenvolvimento saudável do bebé e aconselha as mulheres a evitarem dar leite artificial aos filhos antes dos dois anos de idade.

Tempo

Multimédia