Províncias

Município do Cazengo com boas ofertas

Marcelo Manuel e André Brandão | Ndalatando

Munícipes de Cazengo, residentes em Ndalatando, estão satisfeitos com a diversidade, qualidade e preços dos produtos essenciais para a celebração da quadra festiva, disponíveis nos principais mercados.

As bebidas sobretudo a cerveja nacional e mimos de Natal constam entre os produtos mais procurados pela população do município
Fotografia: André Brandão

A equipa de reportagem do Jornal de Angola efectuou uma ronda pelos mercados da cidade de Ndalatando para saber os preços dos produtos e os níveis de compras por parte de quem procura os “mimos” para a Festa da Família.
Joaquina dos Santos, de 30 anos, moradora do bairro Camungo, está surpreendida com a oferta dos bens alimentares, principalmente no que toca aos preços do óleo, bacalhau, azeite doce, farinha de trigo e leite, que considera essenciais para a preparação da ceia de Natal.
Alberto Ricardo, residente na Avenida da República (“Cir”) disse que o surgimento de novos supermercados permite mais escolha dos clientes. Destacou a importância da existência de vários bens de consumo acessíveis a todas as classes sociais, situação que garante a celebração do Natal e Ano Novo com conforto. Mariana Moisés disse que “as lojas estão repletas de bons produtos que aliciam qualquer pessoa, mas é necessário tem em conta que o mundo continua após as celebrações do Natal”, disse.

Oferta de cabazes

O gerente do Nosso Super no bairro Azul, arredor de Ndalatando, Ageu Paulo, frisou que o movimento de clientes na loja triplicou nos últimos 15 dias. Para além dos produtos habituais vende cabazes cujos preços variam entre dez e 50 mil kwanzas. Este ano foi criado o “cabaz cartão”, a preços que variam entre cinco e 15 mil kwanzas.
Joaquim Dala, responsável do Shoprite, considerou o movimento no seu estabelecimento como “infernal” devido ao elevado fluxo de clientes. Em relação aos cabases disse que os preços variam entre dez e 40.000 kwanzas e são comprados na sua maioria por empresas.  A par da comida, o  responsável salientou que os produtos mais procurados são as bebidas com maior destaque para a cerveja.
 Os produtos mais procurados são as cervejas nacionais e os preços variam entre 1.500 e 2.500 kwanzas. Os preços de whiskies, aguardente, vinhos e champanhes vão dos 500 aos 12.000 mil Kwanzas por garrafa.Em relação aos alimentos, os mais solicitados são arroz (2.000 mil kwanzas o saco de dez quilos), feijão (150 a 200 kwanzas, azeite doce em lata de 500 mililitros (200 a 400 kwanzas), bacalhau (1.400 a 4.000 kwanzas o quilo), óleo alimentar (150 a 200 kwanzas), lata de leite de quatro quilos (1.800 a 2.200 kwanzas), quilo de açúcar a 100 kwanzas, quilo de farinha de trigo 200 kwanzas, saco de bata de cinco quilos, 1.500 kwanzas.  Boa consoada!

Tempo

Multimédia