Províncias

Ndalatando acolhe final das

Marcelo Manuel | Ndalatando, Carlos Bastos | Sumbe, Edson Fontes | Caxito

A cidade de Ndalatando, capital do Cuanza Norte, vai acolher a fase final da sétima edição das Olimpíadas Nacionais de Matemática, que se realiza no próximo mês de Outubro, anunciou ontem o director provincial da Educação.

Concurso visa a criação da troca de experiências entre estudantes de diferentes regiões
Fotografia: JAIMAGENS.COM

Sebastião Abel, que falava ontem durante a abertura do concurso a nível provincial, explicou que o evento é uma iniciativa do Ministério da Educação, com o apoio da Direcção Nacional do Ensino Geral.
O director provincial da Educação destacou a importância da realização das Olimpíadas de Matemática como garante da motivação pedagógica dos alunos no estudo e aprendizagem da disciplina, sobretudo no que toca à descoberta de jovens talentos com habilidades neste domínio.
O responsável frisou que o certame propicia condições favoráveis para a criação da troca de experiências entre estudantes de diferentes regiões, a par da melhoria da qualidade de ensino e de aprendizagem, visando o desenvolvimento científico e tecnológico.
Sebastião Abel advogou a necessidade de a realização das olimpíadas ser acompanhada de acções de formação e de investigação contínua em Matemática, por parte dos estudantes e professores, pelo facto de esta ser uma ciência que desempenha um papel fundamental na preparação dos alunos que, no futuro, pretendam enveredar no ramo das engenharias.

Contributo dos professores

O director provincial enalteceu também o contributo dos professores, responsáveis pedagógicos, em especial os das escolas superiores locais, no processo de formação dos profissionais do sector, que contribuem para a melhoria da qualidade de ensino da região. O chefe de departamento de Ensino da Direcção Provincial da Educação, Silva Manuel, explicou que o concurso envolve alunos das escolas públicas, privadas e comparticipadas do ensino primário e secundário, abrangendo os de idades compreendidas entre os 11 e os 16 anos, que frequentam a 6ª, 9ª e 11ª classes.
Nesta edição, a fase provincial do concurso conta com a participação de 60 alunos dos dez municípios do Cuanza Norte.

Cuanza Sul

Os 47 alunos representantes dos 11 municípios do Cuanza Sul à fase provincial da sétima edição do concurso “Olimpíadas de Matemática” foram apurados segunda-feira, no Sumbe, para a fase pré-nacional da competição a nível local, a realizar-se dia 27 deste mês.
Nesta fase, vão ser apurados os três candidatos para a fase nacional, cuja final realiza-se na província do Cuanza Sul, sob o lema “Olimpíadas de Matemática para Melhor Rendimento Escolar.”
No ensino primário, foram apurados 20 alunos, enquanto a nível do primeiro ciclo estão classificados 18 alunos, além dos nove no segundo ciclo.
O concurso visa motivar os alunos para a disciplina de Matemática, contribuir para a melhoria do ensino da disciplina e identificar jovens talentosos e com altas habilidades no domínio da cadeira.
O director provincial da Educação do Cuanza Sul, Francisco de Figueiredo Júnior, considerou positiva a participação dos apurados para a presente edição, embora lamente a redução de concorrentes e a ausência, pela segunda vez, do município da Conda.
Figueiredo Júnior sublinhou que a província do Cuanza Sul tem sido uma vanguarda na disciplina de Matemática, fruto da importância da sua transversalidade no ensino particular nas instituições de ensino. O director da Educação disse que a sétima edição do concurso está a registar algumas melhorias e progressos em termos de qualidade e que os alunos tendem a demonstrar maior empenho no aprendizado da disciplina de Matemática.
O responsável garantiu que os alunos apurados vão merecer uma atenção redobrada dos monitores e dos coordenadores da disciplina de Matemática, com vista a representarem da melhor forma a província, que tem estado regularmente nos lugares cimeiros no concurso a nível nacional.

Concurso no Bengo


Na província do Bengo, a fase local da sétima edição do concurso “Olimpíadas de Matemática” apurou 23 alunos da 6ª, 9ª e 11ª classes, provenientes dos seis municípios daquela parcela do país.
O director provincial da Educação, Ciências e Tecnologia do Bengo explicou que esta fase serve para apurar os seis alunos que vão representar a província nas pré-olimpíadas nacionais de Matemática.
António Quino apelou aos 23 estudantes para estarem cada vez mais e melhor preparados, com vista a representarem bem as escolas e os municípios. “Espero maior empenho na resolução das questões, continuem a investigar e peçam ajuda aos professores, nas matérias de difícil compreensão”, exortou.

Tempo

Multimédia