Províncias

Ndalatando com mais técnicos médios

André Brandão | Ndalatando

A Escola Eiffel entregou em Ndalatando, na província do Cuanza Norte, diplomas de fim de curso a mais de 40 técnicos médios de Ciências Físicas e Biológicas.

Cerimónia marca vida de vários jovens por assinalar o fim de um longo percurso de estudo
Fotografia: André Brandão | Ndalatando

Durante o acto de entrega dos diplomas, o director-geral da Escola Eiffel no Cuanza Norte, Christian Gboy, disse que esta é a quarta graduação de alunos, desde a abertura da escola na região, em 2009.
Christian Gboy apontou que há dois anos, a Escola Eiffel no Cuanza Norte, com a forte exigência dos professores, vê aumentar consideravelmente o nível dos alunos.
O director recordou que das três primeiras graduações, 44 alunos mereceram bolsas de estudo para o estrangeiro (Brasil, Cuba, Inglaterra, Estados Unidos, França, Rússia, Argélia, Marrocos e Tunísia). A Escola Eiffel do Cuanza Norte tem como perspectivas fazer com que 22 finalistas participem nos concursos da Sonangol e da Angola/França, cujas provas vão ter lugar nos dias 22 e 23 de Janeiro de 2015. Lembrou que o concurso de admissão para a Escola Eiffel tem início nos dias 15 e 16 de Janeiro de 2015. O director provincial da Educação, Sebastião Abel Manuel, referiu que a cerimónia vai marcar a vida de vários jovens, por assinalar o fim de um longo percurso de enormes sacrifícios, para a obtenção do grau académico, bem como abre  novas oportunidades para o ingresso nas universidades e no mercado de trabalho.

Tempo

Multimédia