Províncias

Obras ficam concluídas em Novembro próximo

Víctor Mayala | Mbanza Congo

As obras na ponte sobre o Rio Mbridge, que liga o traçado da futura auto-estrada Soyo-Nzeto, ficam concluídas em Novembro, garantiu o engenheiro da empresa construtora, a Conduril, responsável pela empreitada.

A infra-estrutura é considerada de grande valia e vai permitir fuidez no trânsito automóvel
Fotografia: Víctor Mayala | Mbanza Congo

Pedro Castro disse que a ponte vai ter 800 metros de comprimento, 45 de largura, 16 de amplitude e duas faixas de rodagem de 3,75 metros, em ambos os sentidos.
Para a empreitada, foram mobilizados 200 trabalhadores, entre nacionais e estrangeiros que dão o seu máximo para conclusão da obra, cuja inauguração está prevista para o Dia 11 de Novembro, data da Independência Nacional.
“Estamos a trabalhar arduamente para que a obra fique concluída na data prevista. Até ao momento, já foram colocadas cinco mil toneladas de aço e 31 mil metros cúbicos de betão. Penso que estamos perante uma obra que vai durar cerca de 50 anos, caso sejam respeitados os períodos de manutenção”, precisou.
O governador do Zaire, Joanes André, deslocou-se ao local para verificar o andamento das obras, e recebeu explicações técnicas relativas à construção da ponte.
Joanes André disse que a ponte sobre o Rio Mbridge, considerada a maior do país, faz parte das pontes em construção no traçado da futura auto-estrada, que vai interligar os municípios do Nzeto e Soyo, num percurso de 180 quilómetros.
A infra-estrutura é considerada de grande valia pelos habitantes locais, na medida em que vai permitir melhor fluidez do trânsito automóvel, um factor importante para o desenvolvimento da economia da província e do país.

Tempo

Multimédia