Províncias

Palestras e seminários contra a violência

A Direcção Provincial da Família e Promoção da Mulher no Cuanza Norte está a realizar um ciclo de seminários e palestras em diversas comunidades para sensibilizar a população sobre os perigos que a violência doméstica representa no seio das famílias.

A directora da entidade promotora, Teresa da Costa, disse que o programa abrange todas as sedes municipais e comunais, visando a redução de crimes no lar, para garantir a estabilidade emocional e de convivência familiar.  O programa tem a participação e apoio de ­diversas organizações, entre as quais a Associação de Apoio à Mulher Polícia de Angola (AAMPA), membros de partidos políticos, autoridades tradicionais, entidades religiosas e funcionários da direcção provincial da Família e Promoção da Mulher.
Teresa da Costa disse que, em Ndalatando, realizou-se uma formação destinada às mulheres empresárias e empreendedoras, subordinada ao tema “Mulher empreendedora, organizada e associada”, em que foram traçados os pontos fortes para o melhor exercício da actividade, por técnicos do Ministério de tutela.
Nos municípios do Golungo Alto, Cambambe, Ngonguembo e Quiculungo foram ministradas palestras sobre os direitos da criança, divulgação da Lei contra a Violência Doméstica, convenção das Nações Unidas sobre a eliminação de todas as formas de discriminação contra as mulheres e o papel da mulher rural no desenvolvimento da economia angolana.
Foram registados 179 casos de violência no primeiro trimestre do corrente ano. Teresa da Costa afirmou que 142 casos foram resolvidos, sendo os restantes 37 remetidos à Procuradoria-Geral da República (PGR) do Cuanza Norte.

Tempo

Multimédia