Províncias

Pescadores preocupados com barcos

Os pescadores da comunidade da lagoa do Ngolome, bairro do Morro da Luz, município de Cambambe, no Kwanza-Norte, estão preocupados com os preços das embarcações e equipamentos de pesca, apurou a Anglo, durante uma acção de formação de formadores do ramo.

Por falta de apoio, os pescadores da região são obrigados a mandar construir as suas próprias embarcações artesanais por 35 mil kwanzas.
“Aqui, as embarcações são individuais e nós próprios adquirimos o material para a pesca”, explicou um pescador à Angop.

Licenciamento em curso

Para minimizar estas dificuldades, está a ser feito o licenciamento de todos os pescadores que vivem nas cinco comunidades piscatórias de Ngolome. />“O objectivo do levantamento é sabermos o número de famílias existente, para permitir a elaboração de um plano de necessidades, tendo em vista o desenvolvimento da comunidade”, sublinhou o pescador.
A comunidade do Morro da Luz tem 48 famílias, das quais 23 estão directamente ligadas à actividade pesqueira.
Parte significativa destes pescadores vão ser abrangidos por um projecto de apoio à pesca continental, para melhorar o nível de vida da população.

Tempo

Multimédia