Províncias

População louva iniciativa do Governo

A população do Dondo, na província do Cuanza Norte, manifestou-se ontem satisfeita com a iniciativa do Governo Provincial de requalificar a localidade, elevando deste modo o nível de vida dos cidadãos.

Processo de requalificação da cidade envolve a recuperação das vias estruturantes
Fotografia: Paulo Mulaza

Manuel Sebastião Pascoal, morador do Dondo, disse à Angop que a requalificação da cidade chegou em boa altura, porque vai melhorar a sua imagem e proporcionar excelência na convivência social.
Além de melhorar o aspecto físico da urbe vai conferir dignidade aos seus habitantes e atrair mais visitantes, ávidos em conhecer o potencial turístico e económico do município e, desta forma, corresponder ao estatuto de cidade que lhe é conferido.
O surgimento de novos espaços verdes e a revitalização dos já existentes, a asfaltagem das ruas, assim como a instalação da nova rede de iluminação pública, são acções que contribuíram para a melhoria da imagem da cidade.
A requalificação da urbe, traduzida na construção e reabilitação de escolas, assim como a melhoria no atendimento médico, constitui motivo de orgulho dos seus habitantes.
José Canjata, residente no município do Dondo há 37 anos, disse que o estado actual da cidade representa um estímulo para quem nela vive, ao mesmo tempo que atrai para si novos habitantes, resultando no surgimento de novas áreas habitacionais. Os munícipes têm a obrigação de colaborar com as autoridades administrativas na preservação dos equipamentos que o Governo está a colocar à disposição das populações, disse.
A melhoria do abastecimento de água potável e do saneamento básico são acções que vão contribuir ainda mais para a qualidade de vida dos habitantes.
Gerson Cordeiro, outro habitante do Dondo, considera que a criação de outros serviços, como os bancários, e a melhoria da rede hoteleira são acções complementares às obras de requalificação em curso no centro da cidade e bairros periféricos.O processo de requalificação da cidade do Dondo, cuja primeira fase teve início em 2009, envolve a recuperação das vias estruturantes do centro da urbe, bairros periféricos, assim como a implantação de novas redes de distribuição e tratamento de água e energia, requalificação dos espaços verdes e do sistema de iluminação pública. Dondo é sede do município de Cambambe. Conta  com uma população de 88.951 habitantes e localiza-se 74 quilómetros a sul de Ndalatando, capital da província do Cuanza Norte.

Tempo

Multimédia