Províncias

Primeiros licenciados defendem monografias

Marcelo Manuel | Ndalatando

Os primeiros 247 estudantes finalistas da Escola Superior Politécnica do Cuanza Norte vão ser lançados em breve no mercado do trabalho, numa altura em que estão apenas à espera da defesa das monografias.

Estudantes têm já os trabalhos preparados
Fotografia: Nuno Flash

O director da escola, Pedro Vita, referiu que os estudantes têm já os trabalhos feitos, aguardando o momento da defesa, que acontece ainda este ano. Neste momento, a instituição académica tem 1.789 estudantes, dos quais 129 provenientes de municípios do interior da província do Cuanza Norte.
A estes estudantes, o director Pedro Vita aconselhou mais dedicação nos estudos, para solidificarem os conhecimentos adquiridos em prol de uma Angola com recursos humanos qualificados e capazes de responder aos desafios do futuro.
O director da escola superior Politécnica condenou os estudantes que recorrem à cábula e à corrupção, para conseguirem bons resultados escolares, quando deviam primar pelos conhecimentos adquiridos. Pedro Vita salientou que, no presente ano lectivo, a instituição recebeu um total de 586 novos estudantes, distribuídospelos cursos de administração pública, análises clínicas, saúde pública, contabilidade e gestão e informática de gestão.
Este ano lectivo a escola vai contar com um novo serviço de gestão, composto por um sistema de inscrição e de matriculas e serviço de Internet em banda larga. Está a ser criada uma página “web”, onde podem ser encontradas as informações necessárias sobre o sistema de funcionalidade de todos os cursos, além da instalação de uma biblioteca e reprografia.

Tempo

Multimédia