Províncias

Queimaduras em menores é preocupante

André Brandão | Ndalatando

Em média, três a cinco crianças dos zero aos cinco anos dão entrada todos os dias no Hospital Provincial do Cuanza Norte, com queimaduras de primeiro, segundo e terceiro grau, revelou na terça-feira o director clínico da unidade.

Fotografia: WWW.JAIMAGENS.COM

Mbiavanga Alves disse que as queimaduras são provocadas por água, óleo, chá quente e produtos inflamáveis, e considerou a situação preocupante, uma vez que a situação envolve, principalmente, crianças, o que representa uma acentuada falta de cuidado por parte dos pais.
As queimaduras de primeiro e segundo grau em menores de idade acontecem, em grande escala, durante a preparação da refeição, devido à distracção dos adultos, e por as crianças serem mandadas acender fogo com petróleo iluminante, pelos próprios pais.
Por mês, a unidade procede a evacuação, em média, de três pacientes com queimaduras graves no tórax e membros inferiores, para o Hospital Neves Bendinha, em Luanda.
Mbiavanga Alves informou que o Hospital Provincial de Cuanza Norte não dispõe de sala especializada para prestar um tratamento adequado aos pacientes graves, estando estes a ser atendidos nos serviços de cirurgia, enquanto decorrem as obras de ampliação da unidade clínica.

Tempo

Multimédia