Províncias

Reduz o índice de mortalidade no Cuanza Norte

O director provincial da Saúde do Cuanza Norte congratulou-se com a criação de condições físicas que permitiram a redução da taxa de mortalidade infantil.

Manuel Varela destacou os investimentos do Governo Provincial na construção e reconstrução de infra-estruturas de a­tendimento materno-infantil, que permitiram a redução da taxa de mortalidade infantil de 50 óbitos, por mil nascidos vivos, em 2010, para 20, em mil nascimentos, em 2013.
 Entre outros indicadores que conheceram evolução nesta área, apontou  a diminuição da taxa de mortalidade em crianças menores de cinco anos, que baixou de 103,5 por cento, em 2010, para 40,2 por cento, em 2013. O director da Saúde do Cuanza Norte indicou, além das unidades sanitárias, o incremento da cobertura de vacinação de rotina e de campanha, assim como a melhoria do sistema de informação sanitária, como motivo do sucesso desta empreitada.
Em  2010, a província dispunha de 87 unidades sanitárias, das quais 30 ofereciam serviços de consulta pré-natal e pós-parto, oito serviços de planeamento familiar, 26 serviços de parto, 23 postos fixos de vacinação e 19 serviços de puericultura.
 Hoje, a província dispõe de 130 unidades sanitárias com serviços de puericultura, 32 das quais oferecem consultas pré-natal e pós-parto, 12 serviços de planeamento familiar e  52 unidades de vacinação geral.

Tempo

Multimédia