Províncias

Registados centenas de partos na Maternidade de Ambaca

Um total de 108 partos, 13 dos quais por cesariana, foram realizados durante o primeiro trimestre deste ano, na Maternidade do Hospital Municipal de Ambaca, província do Cuanza Norte.

Cresce em Ambaca o número de mulheres que procuram as maternidades para fazerem os partos
Fotografia: DR

A informação consta do relatório de balanço da Direcção Municipal da Saúde a que a Angop, realçando que, comparativamente a igual período de 2016, se registou um aumento de sete partos.
De acordo com o documento a que a Angop teve acesso, neste período, foram igualmente registados 52 casos de aborto resultantes de diversas causas, assim como a adesão de 947 mulheres às consultas pré-natais, das quais foram diagnosticadas e tratadas 52 com infecções transmitidas sexualmente (ITS), 55 com malária e duas com VIH.
No período em referência, a unidade sanitária registou igualmente a adesão de 250 mulheres ao programa de planeamento familiar, assim como 86 casos de gravidez precoce, três dos quais em menores de 14 anos. O documento nota com preocupação tal facto que considera um ataque brutal à família e ao futuro da jovem mulher, na medida em que a maioria delas nestas situações se vê obrigada a interromper a formação académica, afectando a sua inserção na sociedade.
Para inverter o quadro, o relatório defende a conjugação de esforços entre as unidades sanitárias, ONG, igrejas e secção da Família e Promoção da Mulher, visando o combate ao fenómeno, através da sensibilização das comunidades sobre a perigosidade do casamento e gravidez precoces.

Tempo

Multimédia