Províncias

Ruptura na conduta deixa Ndalatando sem água

Fotografia: MOTA AMBRÓSIO

  
A cidade de Ndalatando,  capital da província do Cuanza-Norte, continua privada do abastecimento de água potável devido a uma ruptura na principal conduta que transporta o líquido para os diferentes bairros. Segundo o responsável da área técnica da Empresa de Águas e Saneamento do Cuanza-Norte (EASCN), Adão Morais, a interrupção foi originada por um rompimento brusco na tubagem de 600 milímetros. A água que saiu da conduta inundou algumas residências próximas ao local e criou uma cratera no asfalto, condicionando a circulação rodoviária entre a zona da Shoprite ao bairro do Miradouro. Adão Morais disse à Angop, que os técnicos da empresa de Água e Saneamento  já estão no local, onde  trabalham para a reparação da conduta. Sem indicar um horizonte temporal para o fim dos trabalhos, Adão Morais, garantiu que os técnicos vão substituir o tubo danificado o mais rápido possível.  “Vamos ter de trabalhar a um ritmo acelerado, visto que esta conduta  é a que alimenta toda a rede de distribuição”, assegurou, para adiantar que cidade e a maior parte dos bairros ao seu redor ficarão privadas do abastecimento de água até à conclusão dos trabalhos.

Tempo

Multimédia