Províncias

Saúde realizou inquéritos sobre uso de contraceptivos

A Direcção Nacional de Saúde Pública, em parceria com as autoridades sanitárias do Kwanza-Norte, promoveu, na província, um inquérito, destinado a avaliar o uso de contraceptivos por mulheres, em idade fértil.

A Direcção Nacional de Saúde Pública, em parceria com as autoridades sanitárias do Kwanza-Norte, promoveu, na província, um inquérito, destinado a avaliar o uso de contraceptivos por mulheres, em idade fértil.
O coordenador nacional do programa, Pedro Sapalalo, revelou ontem, que o inquérito visou identificar, o fluxo de contraceptivos, no mercado local, e respectivos canais de venda, a determinação do grau de acesso aos anticoncepcionais, por parte das mulheres em idade fértil, e a avaliação do comportamento da população, em relação ao seu uso.
Pedro Sapalalo referiu, que a experiência piloto do inquérito abrangeu, numa primeira fase, as províncias do Kwanza-Norte e Kwanza-Sul, cujos resultados irão determinar, a realização de programas similares, noutros quadrantes do país.
O coordenador disse que o inquérito abarcou a realização de visitas a farmácias, centros de planeamento familiar, quiosques e outros locais, onde podem ser encontrados  contraceptivos – para além das entrevistas, efectuadas a mulheres em idade fértil, e homens com idade superior a 18 anos, em relação aos métodos contraceptivos mais usados no Kwanza-Norte.
Segundo ele, a execução do presente estudo, financiada pelo Fundo das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), conta com a coordenação da Direcção Nacional Saúde Pública, através do departamento de saúde reprodutiva.

Tempo

Multimédia