Províncias

Selecionados bolseiros internos

André Brandão | Ndalatando

Ao todo, 74 dos 85 candidatos a bolsas de estudo no país foram seleccionados, na segunda-feira, em Ndalatando, anunciou, o director-geral do Instituto Nacional de Bolsas de Estudo (INABE), após um encontro com o governador provincial.

INABE prioriza famílias de baixa renda
Fotografia: Jornal de Angola

Ao todo, 74 dos 85 candidatos a bolsas de estudo no país foram seleccionados, na segunda-feira, em Ndalatando, anunciou, o director-geral do Instituto Nacional de Bolsas de Estudo (INABE), após um encontro com o governador provincial.
A idade máxima dos candidatos é de 25 anos, sendo prioridade aos de famílias de baixo rendimento e com nota 14, como consta do regulamento dos bolseiros internos aprovado em 2008., disse José Baptista. 
Angola, afirmou, vai ter cerca de nove mil bolsas para o país, tendo já sido seleccionados, a nível nacional, 3.600 bolseiros.
Quanto a bolsas no estrangeiro, referiu, são seleccionados 600 estudantes, alguns dos quais já estão no Brasil e em Cuba.
A previsão do INABE é, até 2012, aumentar o número de bolsas internas e externas para 15 mil.
Na selecção para as bolsas no estrangeiro é dada prioridade aos cursos em áreas mais necessitadas em Angola, como são os casos de engenharia, medicina e ensino.

Tempo

Multimédia