Províncias

Serviços sociais básicos vão ser subvencionados

Silvino Fortunato | Ndalatando

Os antigos combatentes e veteranos da pátria, residentes no Kwanza-Norte, aplaudiram a iniciativa do governo provincial de subvencionar, há já algum tempo, os custos dos seus consumos de água e luz.

Os antigos combatentes e veteranos da pátria, residentes no Kwanza-Norte, aplaudiram a iniciativa do governo provincial de subvencionar, há já algum tempo, os custos dos seus consumos de água e luz.
O reconhecimento vem expresso num documento que avalia o desempenho do sector dos Antigos Combatentes e Veteranos da Pátria durante o primeiro semestre deste ano, que o Jornal de Angola teve acesso, na semana finda, na cidade de Ndalatando.
A informação destaca igualmente a atribuição pelo governo provincial de sete bolsas de estudo nacionais a filhos dos antigos combatentes que, este ano lectivo, estão a ser formados na Escola Superior Pedagógica do Kwanza-Norte, bem como o enquadramento de alguns assistidos da instituição em postos de trabalho.
O informe realça que as iniciativas mostram que na província “há um casamento” entre os antigos combatentes e o governo da circunscrição e evidenciam a sensibilidade do seu governador, Henrique André Júnior, para com a classe.
O governo do Kwanza-Norte mandou que fossem realizados estudos para a reabilitação física dos deficientes, a reintegração social destes nas áreas da agricultura, pesca continental, criação de animais de pequeno porte, moageira e recauchutagem. Muitos destes programas está já a ser concluídos, sublinha o documento.
Também o edifício onde funciona a direcção dos antigos combatentes foi reabilitado a expensas do governo provincial, para melhor servir aquelas pessoas que se bateram para que a independência e a integridade nacional fossem uma realidade. O Kwanza-Norte tem registados 2.021 assistidos, espalhados pelos dez municípios da província, sendo 1.082 antigos combatentes e ex-presos políticos, 582 órfãos de guerra, 122 deficientes físicos do terceiro grupo, 80 deficientes físicos do quarto grupo, seis deficientes do primeiro grupo, 22 do segundo, 64 ascendentes de combatentes, 61 viúvas e dois acompanhantes do primeiro grupo.

Tempo

Multimédia