Províncias

Sociedade esteve mobilizada para dar um futuro às crianças

A directora da Família e Promoção da Mulher da província do Kwanza-Norte, Teresa da Costa, pediu aos pais e encarregados de educação para se empenharem na adopção de atitudes que promovam a elevação da auto-estima de crianças e adolescentes.

Muitas crianças da província ficaram órfãs e necessitam de aumentar a sua auto-estima
Fotografia: Jornal de Angola

A directora da Família e Promoção da Mulher da província do Kwanza-Norte, Teresa da Costa, pediu aos pais e encarregados de educação para se empenharem na adopção de atitudes que promovam a elevação da auto-estima de crianças e adolescentes.
 Ao intervir no acto provincial alusivo ao 16 de Junho, Dia da Criança Africana, a Teresa da Costa l defendeu que a sociedade deve fazer uma reflexão profunda sobre os actuais problemas que afectam as crianças, sobretudo decorrentes dos efeitos da guerra e conflitos étnicos.
 Em Africa, milhares de crianças vivem na orfandade e muitas outras são instrumentalizadas para a guerra, disse Teresa da Costa. As dificuldades têm levado inúmeras crianças a perder a auto-estima, tornando-se agressivas ou em conflito com a lei, factores que devem mobilizar os estados africanos para prestarem uma atenção especial à criança, por constituírem o futuro do continente.
 Com vista a melhorar o quadro na província, Teresa da Costa disse que o Governo Provincial está empenhado na adopção de políticas que visam a distribuição da merenda escolar, melhoria do fornecimento e distribuição de água potável e energia eléctrica, construção e reabilitação de escolas e hospitais e acções económicas dirigidas ao combate à pobreza no seio das famílias.
 No acto, que decorreu na comuna de Canhoca, a 18 quilómetros de Ndalatando, as crianças solicitaram ao governo para continuar a adoptar políticas susceptíveis de garantir uma atenção especial às crianças, visando o seu crescimento sadio.
Participaram membros do Governo provincial, crianças de várias escolas da província, entidades religiosas, autoridades tradicionais e convidados.

Tempo

Multimédia