Províncias

Troço da Trombeta reabre ao tráfego no final de Junho

André Brandão | Ndalatando

A reabilitação da Estrada da Trombeta, no desvio que dá acesso ao Golungo-Alto e a Caxilo, Luinha e Zenza do Itombe fica concluída até o final de Julho, garantiu, ao Jornal de Angola, o director da empresa responsável pela obra.

A reabilitação da Estrada da Trombeta, no desvio que dá acesso ao Golungo-Alto e a Caxilo, Luinha e Zenza do Itombe fica concluída até o final de Julho, garantiu, ao Jornal de Angola, o director da empresa responsável pela obra.
Victor Almeida afirmou que falta asfaltar cerca de metade dos 60 quilómetros previstos.
Essa informação foi prestada na localidade do Zenza, durante a visita do vice-governador para os serviços técnicos e infra-estruturas, Erlindo Lidador, que inspecciona, há alguns meses, as obras públicas no Kwanza-Norte.
“A estrada vai ter nove metros de largura, três pontes de betão e duas paragens para autocarros”, disse Victor Almeida, acrescentando que a empresa produz 160 toneladas por hora de betão betuminoso e asfalta 1.500 metros quadrados por dia. Os trabalhos, lembrou, começaram em Março de 2009 e deviam ter terminado 18 meses depois, “mas, devido alguns imprevistos, como mudança do projecto, chuvas e circulação de viaturas no local, o prazo de entrega foi alterado para final de Julho”.
“A obra apresenta qualidade, como está previsto no caderno de encargos. A garantia é de dois anos, mas, pelo carácter do asfalto e pelos trabalhos que estão a ser realizados, a estrada pode ficar mais de dez sem apresentar fissuras”, disse o fiscal, Frederico Oliveira.

Tempo

Multimédia