Províncias

Vacinação contra a doença no município de Cazengo

André Brandão | Ndalatando

 Um total de 172.255 habitantes do município de Cazengo, na província do Cuanza Norte, vai ser vacinado contra a febre amarela, anunciou quinta-feira, em Ndalatando, o vice-governador local para o sector Político e Social.

Campanha de vacinação contra a febre amarela no município do Cazengo vai durar doze dias
Fotografia: André Brandão| Ndalatando

José Kipungo falava durante o lançamento da campanha de vacinação contra a doença, com a duração de 12 dias, decorrido nas instalações do Hospital Municipal de Cazengo.
O director provincial da Saúde, Manuel Duarte Varela, disse que a campanha está a ser assegurada por 144 técnicos de saúde, divididos em 34 postos fixos e um móvel.
Manuel Varela informou que a província do Cuanza Norte tem cerca de 60 casos suspeitos de febre amarela e que a maioria das doses de vacinas vai ser direccionada para o município de Cazengo, por ter notificado 46 pessoas suspeitas e 34 casos confirmados, resultando em 30 óbitos. />Neste momento, disse o director provincial, a província tem cerca de 185 mil doses de vacina disponíveis para crianças maiores de seis meses e adultos.
O responsável da saúde avançou que a campanha é uma estratégia do Ministério da Saúde de vacinar em todos os municípios, que tenham critérios para isso, como o de Cazengo, que teve um caso de transmissão local.
Manuel Duarte apelou à população para participar em massa na campanha, uma vez que a febre amarela tem uma taxa de mortalidade muito alta. “A forma de prevenção mais eficaz é a vacinação”, alerta.

Tempo

Multimédia