Províncias

Abertura do ano lectivo

O governador da província do Kwanza-Sul reiterou, na abertura do ano lectivo do Instituto Médio de Petróleos do Sumbe, o compromisso “de manter as melhores relações de solidariedade” com a escola e o Ministério do sector.

Vista parcial do Sumbe que alberga o Instituto Médio de Petróleos que já formou muitos técnicos
Fotografia: Jornal de Angola

O governador da província do Kwanza-Sul reiterou, na abertura do ano lectivo do Instituto Médio de Petróleos do Sumbe, o compromisso “de manter as melhores relações de solidariedade” com a escola e o Ministério do sector.
O objectivo, disse, é proporcionar condições à concretização do plano de acção 2013/17. Eusébio de Brito Teixeira exortou aos alunos a cumprirem os regulamentos da escola para no final ano lectivo terem resultados satisfatórios.
O Instituto Médio de Petróleos, que funciona desde 1983 e já formou mais de 2.500 especialistas nas áreas de geologia e minas, perfuração, mecânica e frio, tem este ano 700 alunos da 10ª à 12ª classe.

Tempo

Multimédia