Províncias

Administração vai travar crescimento desordenado

A Administração Municipal do Sumbe, na província do Cuanza-Sul, vai travar, nos próximos dias, o crescimento desordenado de bairros na periferia da cidade, com vista a oferecer melhor qualidade de vida aos habitantes, advertiu, naquela localidade, o administrador municipal adjunto para a Área Técnica.

Fotografia: DR

Carlos Armando adiantou que será lançada, nos próximos dias, uma campanha de sensibilização e orientação, com vista a desencorajar a construção desordenada, sem orientação urbanística.
Disse à Angop que todos os dias  surgem  novos bairros, por isso a administração vai tomar medidas contra os que insistirem em construir em locais não autorizados.
“A administração tem locais loteados para a construção de residências e todos os que necessitarem de um lote devem contactar os nossos serviços”, disse o administrador adjunto.
Para o soba do bairro da Kissala I, Manuel Carvalho Ventura, o abandono das zonas rurais, em busca de melhores condições de vida na cidade, tem estado na base do crescimento desordenado de novos bairros.
O soba Manuel Carvalho Ventura defende um trabalho entre a administração local e as autoridades tradicionais, com vista a se evitar o crescimento de bairros desordenados e em zonas de risco.
“É necessária a criação de condições nos municípios, como instalação de sistemas de abastecimento de água, luz e novas infra-estruturas de impacto social, para permitir que as pessoas possam regressar às suas zonas de origem”, frisou o soba.

Tempo

Multimédia