Províncias

Administrador quer programa a avançar

O administrador municipal do Amboim pediu na terça-feira, na Gabela, maior rapidez na execução do programa agro-industrial do Cuanza Sul, sobretudo na realização do estudo de viabilidade para a construção de um canal de irrigação, instalação de energia e abertura de vias de acesso.

Autoridades apostam na agro-pecuária
Fotografia: Jornal de Angola

Francisco Mateus, que falava na abertura de uma reunião com a coordenação do programa  e a empresa Covec, que vai encarregar-se de erguer as infra-estruturas, pediu celeridade, tendo em conta que parte da execução física do programa começou em Dezembro, com o início da construção da fábrica de biofertilizante Hidrosil, numa área de 12 hectares.
“Se olharmos para este projecto temos a certeza da sua importância e que merece algum sacrifício, tendo em conta o seu alcance económico na província e o bem da população,” sublinhou.
Os canais de irrigação vão ter 60 quilómetros, ligando a comunidade da Sanga Cauá a Quirimbo (Amboim), onde se prevê a construção de uma bifurcação, em função da área da agro-indústria, constituindo os canais secundários.Uma represa de água deve, igualmente, ser erguida, assim como uma barragem.
O programa prevê a distribuição de terras aráveis, instalação de infra-estruturas económicas, sociais  e produtivas, organização dos produtores na sua qualidade de fornecedores de matérias-primas, prestação de serviço às comunidades da Zâmbia (Amboim), entre outras acções.

projectos sociais


A construção de projectos sociais como escolas, postos de saúde e de chafarizes no âmbito do programa de combate à pobreza no meio rural é das prioridades deste ano, disse à Angop o administrador municipal do  Porto Amboim.
Domingos da Fonseca afirmou que também vão ser construídas e reabilitadas escolas e postos de saúde em Medungue, Sagrada Esperança e Cambalo, além da rede de captação, distribuição e tratamento de água no Cambalo e   instalada iluminação pública em vários bairros da sede municipal.
Este ano está igualmente previsto construir a casa protocolar, reabilitar o Palácio Municipal e lotear terrenos para autoconstrução dirigida.
Consta ainda dos projecto para o presente ano, a reabilitação da rede de capção, distribuição e tratamento de água  no Cambolo e a implemetação da rede de iluminação pública em diversos bairros da sede municipal. O município do Porto Amboim dista a a 62 quilómetros  a norte da sede da província  e tem uma população estima em 90 mil habitantes

Tempo

Multimédia