Províncias

Água para Todos abrange 347 mil famílias rurais

Um total de 347 mil famílias das zonas rurais beneficiam do programa “Água para Todos”, a nível da província do Cuanza-Sul, desde a implementação da primeira fase do projecto, em 2013, informou ontem, no Sumbe, o director provincial da Energia e Águas.

Mais sistemas de captação montados nas comunidades
Fotografia: Francisco Bernardo | Edições Novembro

Eusébio Kaquinda fazia um balanço do programa a nível da província e explicou que o programa "Água para Todos" abrange a população das zonas rurais e, desde a implementação da primeira fase em 2013, já abrangeu 347 mil famílias.
Eusébio Kaquinda disse que vai ser lançada a segunda fase do programa e já foram contratados dois consórcios que se encontram a fazer um estudo para, a partir de Setembro, arrancarem com os trabalhos de levantamento nas localidades que ainda não beneficiaram do programa, para, em 2018, começarem os trabalhos.
Eusébio Kaquinda disse que a segunda fase contempla a expansão da rede de distribuição de água.

Camponeses com mais apoio

O secretário de Estado da Agricultura e Desenvolvimento Rural, Amaro Tati, procedeu a entrega de diversos meios aos agricultores da província do Cuanza-Sul, no âmbito do programa de apoio ao sector agrícola.
Amaro Tati entregou duas mil toneladas de fertilizantes, igual número de charruas de tracção animal e seis tractores aos camponeses da região, com objectivo de se aumentar a produção.
O secretário de Estado adiantou que o grande objectivo da entrega dos meios é essencialmente o aumento da produção a nível da  província potencialmente agrícola, bem como a criação de mais postos de trabalho.
Fazer com que as famílias consigam rentabilizar os espaços que possuem é outra das finalidades da acção desenvolvida pelo governante. Amaro Tati referiu que o sector está a trabalhar para que o ano económico seja proveitoso em termos de produção agrícola, tendo em conta as alterações climáticas na província.

Tempo

Multimédia